30 de dez de 2010

i will forget.


             É simples. Eu cansei.
             Simplesmente cansei do Bruno. Não, na verdade eu não me cansei dele, me cansei de sentir qualquer coisa por ele, seja ódio, amor, carinho ou raiva.
             Ele está namorando e eu estou começando a me desligar dele. Acontece que eu não sei por quanto tempo ele vai continuar idolatrando a namorada e não sei quanto tempo vai durar este namoro.
             5 dias? Talvez 4 meses? Ou então 1 ano? Não sei! Eu só sei que se continuarmos com essa amizade alguma hora tudo vai voltar. Até vejo eu tentando novamente me convencer de que não amo ele, não daquele jeito tão especial que me faz sorrir como boba. Me vejo dizendo a ele e à mim mesma que o amo mais do que tudo, mas apenas como amigo, mesmo não sendo verdade.
             Consigo ver ele dizendo que me deseja como sua mulher novamente, que nunca me esqueceu, mas que achava que ficar longe de mim era o melhor para nós dois. Eu consigo ver tudo acontecendo de novo. Acontece que eu simplesmente não quero que aconteça de novo, pois se tudo voltar a ser como era antes, o meu terceiro corte vai aumentar ainda mais e eu não posso deixar que isso aconteça justamente agora que ele começou a cicatrizar.
             E é simplesmente por isso que eu preciso tornar parte de um sonho dele, realidade. Preciso falar com ele, não pra me sentir feliz ou para matar as saudades, mas preciso falar com ele pra dizer que ele é o maior problema da minha vida, preciso dizer a ele pra me esquecer e que eu farei o mesmo, preciso dizer que eu nunca fui forte e ainda não sou, mas terei que fazer de tudo para esquecê-lo. Direi à ele não um simples "tchau, boa noite"  direi a ele adeus.
              E o que eu farei com todo sentimento que existe dentro de meu coração? Irei sufocá-lo, largá-lo num canto qualquer e então, depois de muito sacrifício, irei esquecê-lo. Querem um conselho? Quando forem se apaixonar perdidamente por alguém, primeiro pesquisem, depois escolham e antes de se apaixonar de ouvidos aos seus amigos. É incrível como eles tem um faro incrivel para detectar encrenca. E então, se o escolhido for aprovado por seus amigos como digno merecedor de seus sentimentos, aí sim se entregue.

Um comentário:

  1. no começo , quando eu tentei te dizer adeus , quando eu te poupei de tudo , você disse que não , que se eu simplismente desaparesse-se da sua vida você ficaria louca . . .
    inumeras vezes eu lhe pedi para me dizer aquelas 4 palavras . e quando você me disse eu começei a me afastar mas você não deixou novamente.
    se for contar a historia giorgia , conte certo .
    sim , eu te amei como nunca amei ninguem , como um idiota apaixonado .
    tudo o que aconteçeu entre nós foi real , não sei se para você mas para mim sim . se acha que eu sou um grande mentiroso ótimo.

    mas eu tive que seguir minha vida . não posso simplismente ficar apaixonado por uma menina de 14 anos que mora longe pra caramba e que eu sei que não vai dar certo nós dois juntos. mais do que eu tentei ?

    assim como você agora está se enrroscando com um "drogado" .
    eu estou namorando com uma menina "direita" .

    e é a vida . me desculpa se não superei todas as suas expectativas , desculpa se não fui ai te buscar com um cavalo branco ( o que demoraria dias ) . lol

    Quer um conselho ? quando for escrever uma historinha , lembre-se , existem dois lados de uma historia , apreenda a ouvir os dois lados e por mais que você seja um dos lados , ouça o outro , entenda o outro . espero que quando você tiver 18 anos e estiver passando pela mesma coisa que eu estou , lembreçe disso .

    de : o tal bruno ...

    ResponderExcluir